sábado, 30 de junho de 2007

remédio pro espirito

as pessoas só esperam uma cara amigável.
um sorriso no rosto, uma coisinha engraçada.
elas não são exigentes não.
se cada um tem problemas e sempre existe um caso pior que o seu, então pra que se preocupar?
tudo bem que essas regrinhas básicas não sirvam de princípio pra todo mundo, até porque sempre existem aquelas pessaos que definitivamente não deveriam ter sido chocadas na mesma dimensão de tempo e espaço que você, mas se a gente parasse de tentar entender a mente do outro e apenas trocar algumas palavras com ele, seria suficiente pra poupar milhares de hipóteses e julgamentos errados sobre ele.
quer dizer, lógico que existe a parte boa de você não conhecer alguma figura, porquê você pode fantasiar mil e uma viagens sobre a vida do indivíduo, e coisa e tal... mas que seja uma coisa saudável [okei, como se fosse muito construtivo ficar imaginando se a pessoa era hermafrodita_ porque hoje essas 'coisas' são cortadas quando os bebês nascem_; ou se ela teve algum trauma realmente estranho como ter passado por uma cirurgia de remoção de objetos estranhos das partes profundas e misteriosas do corpo humano, tipo os fundilhos o.o].
olha aí, um primeiro assunto pra conversa de vocês.
auweiuaowie não não, mentira.
mas descobrir que o outro existe e você ia morrer sem saber disso se a vida não o colocasse em seu caminho [óó que descobrida ;x], aah isso é muito renovante.
faz bem pro humor, faz bem pra aquela coisinha vermelha que a gente tem do lado esquerdo do peito... faz bem pras rugas xD

eu sei que hoje me superei falando de coisas que parecem bastante óbvias, tipo se relacionar com os outros mundos de outros terráqueos que te cercam por todo canto.
mas, se é algo que contagia e aquece...

-...que venham as obvidades da vida.

8 comentários:

  1. ow danii esse texto ficou muito massa
    tipow escreveu tudo akilo q a gente pensa mas tem vergonha d falar pra alguem e te chamarem d doido...
    vc tem uma cabecinha muito genial viu plinceesa!!!?

    te adolo bjosssssssss

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkk...
    faz bem pra rugas é ótimo.

    é melhor aceitar e conviver mesmo com as discrepancias, elas que nos fazem felizes ahuahauhauauahuha

    ;*

    ResponderExcluir
  3. olá!
    estou aqui (finalmente)...
    eliminar preconceitos é uma boa coisa a se fazer, já deixei de conhecer muita gente por causa disso e hoje já não deixo mais....
    por enquanto não vou revelar minha idade =)
    professores anarquistas costumam ser bons... sabe, os anarquistas são pessoas passionais (pelo menos os verdadeiros) como descreveu george orwell em lutando na espanha:
    " Era um moço de seus vinte e cinco anos de idade, com expressão carrancuda, espadaúdo, cabelo meio avermelhado e louro. O quepe de couro, de bico, estava repuxado de modo feroz sobre um dos olhos, e de perfil para mim, tinha o queixo encostado ao peito, olhando com perplexidade um mapa que um dos oficiais abrira sobre a mesa. Alguma coisa, em sua expressão fisionômica, causou-me profunda emoção. Era o rosto de um homem que assassinaria outro, ou daria sua própria vida por um amigo, o tipo de rosto que se espera encontrar num anarquista... Encontravam-se, naquela expressão, candura e ferocidade ao mesmo tempo"

    Amo a humanidade e por isso sou anarquista, não daqueles que destroem, mas dos que constroem (uma boa leitura sobre isto é v de vingança)
    obrigado por me linkar, já vou colocar seu link e divulga-lo!
    boa noite!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. ahhh! eu sou do tipo q qnd conhece uma nova pessoa.. ou, simplesmente vê uma pessoa na rua.. eu começo a imaginar a vida dessa pessoa, o que ela está pensando no momento, qual o trauma e mil e uma coisas mais... eh divertido..
    confesso nunca ter pensado na possibilidade de alguém ser hermafrodita =X . isso foi engraçado, dps desse texto com certeza essa dúvida ficará em minha cabeça. heuehueheuheue

    beijos!

    (eu q apaguei um coment. ) :]

    ResponderExcluir
  6. E são essas obviedades mais óbvias as que a gente acaba não enxergando!
    :~

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. postei com uma paradinha errada no anterior... =OOO

    __

    todo mundo tem preconceito antes de conhecer as pessoas, mesmo que não sejam maus preconceitos, aliás quem disse que todos os pre-conceitos são preconceitos?
    eu tb imagino a vida das pessoas, como subby.... msas quando eu vejo alguem assim perfeito demais, eu penso que deve faltar alguma coisa importante, assim algum instrumento num sei...

    ResponderExcluir